• É Dos Grisalhos Que Elas Gostam Mais? –  Uma Discussão Sobre Idade e Cabelos Brancos
  • É Dos Grisalhos Que Elas Gostam Mais? –


    Uma Discussão Sobre Idade e Cabelos Brancos


    A idade chega para todos e, especialmente em um mundo tão viciado na juventude como o nosso, isso é motivo de preocupação para muita gente. Mulheres correm para as clínicas de estética, homens pintam o cabelo e se preocupam mais com a barriguinha que começa a aparecer. Uma corrida contra o tempo que, para mim, reflete mais a ansiedade em busca de se encaixar nos padrões de outros do que na felicidade individual, mas cada um é livre para viver a vida (angustiada) que quiser.

    Venho hoje para fazer um elogio a um destes sinais da idade que se intrometem na gente do dia para a noite, sorrateiros anunciando nossa velhice – os cabelos grisalhos. São os primeiros fios que derrubam o ânimo de muita gente por aí, mas devo dizer principalmente aos garotos (só por uma questão da minha hétero-orientação, claro): não se desesperem. Cada fio branco tem o seu valor.

    Entre os fetiches femininos mais comuns, talvez o principal seja este – o dos homens mais velhos. (Devo dizer, é claro, que é melhor o senhor de 60 anos que está me lendo aí não abandonar este texto e sair cantando meninas de 20. Vamos reescrever o nome do fetiche para “moderadamente mais velhos”, ok?) Não é raro encontrar mulheres por aí que nunca, eu disse nunca, namoraram, ficaram, se interessaram por um homem da mesma idade ou mais novo do que elas. Falta de maturidade, objetivos divergentes, pouca experiência, períodos de vida diferentes – pra citar apenas algumas das alegações que elas fazem ao dar preferência aos mais velhos.

    É importante ressaltar que nem sempre idade avançada é sinônimo de maturidade, experiência ou coisa que o valha. E são principalmente vocês, molecões de 30 e poucos com cabeça de 15, que devem agradecer por cada fio de cabelo branco que lhes nasce na cabeça. Porque o cabelo grisalho, na medida certa, tem esse poder: ele confere ao dono um tom de segurança, quase de sabedoria, de já ter experimentado a vida. Por mais que você tenha gastado os seus 40 e todos anos bebendo no bar e competindo quem mija mais longe depois de bêbado. Por mais que você ainda durma abraçado a um ursinho de pelúcia para se salvar do monstro que habita o escuro do seu quarto. Por mais que você ainda leve todas as suas roupas para a mamãe lavar aos domingos. Se você tem cabelos grisalhos, toda a sua infantilidade se esvai em tons de cinza. O cabelo grisalho confere um charme, por assim dizer, que coloca o homem beneficiário de suas vantagens no topo do mundo.

    O que explica porque mesmo homens que começam a ficar grisalhos muito cedo já chamam atenção. É claro que a opinião está longe de ser uma unanimidade no mundo feminino, mas, garotos, fiquem tranquilos quanto à aceitação do processo: vocês sempre vão encontrar mulheres que são atraídas por este detalhe deveras interessante. Nada de Grecin 2000, nada de raspar careca, nada de arrancar os primeiros fios brancos diante do espelho – até porque a cada um que você arranca, nascem mais três, já dizia a minha avó. Apenas se conforme e aceite esse presentinho divino. Não é preciso ser Richard Gere, George Clooney ou Harrison Ford para ostentar uma cabeça deliciosamente cinza (se bem que ajuda bastante. Se você for um deles, well done, George, well done!). Portanto, nada de insegurança. Em vez de transformar os fios grisalhos em um calcanhar de aquiles, transforme-os em um ponto forte. Afinal, autoconfiança é afrodisíaco em qualquer idade, gênero ou orientação.

    Se você não concorda, e é fã dos novinhos, já escrevemos sobre esse tema, dá uma lida aqui.


    " Todos os nossos conteúdos do site Casal Sem Vergonha são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa dos criadores do site, mesmo citando a fonte. "